FANDOM


Por volta do ano 1130, os personagens protagonistas da nossa crônica serão dois jovens vampiros inseridos no contexto de um tabuleiro estratégico onde cinco grandes facções disputam a dominação do cenário. Essas facções não são realmente facções, mas apenas um amontoado de interesses políticos em comum agrupados assim de forma a facilitar a compreensão. As "facções" foram divididas da seguinte maneira:

Príncipes Cainitas da PolôniaEdit

  • Lady Unre – (Capadócia de 5ª geração) Governante de Sandomiérz. Um poder relativamente novo no cenário, tendo conquistando seu domínio um século antes de Russel Hámundr destruir Noritz. Alguns Cainitas dizem que ela é insana como um Malkaviano, outros, que ela busca liberar forças que poderiam destruir todas criaturas da região.
  • Caçador Cinzento – (Gangrel de 6ª geração) também conhecido pelo nome Akhai, Patas Negras, ele mora na floresta de Byalystok e é o mais próximo de um Príncipe na região, mesmo recusando reclamar tal título. Esse vampiro protege as cidades dos abusos de outros Cainitas, não por qualquer lealdade, mas porque planeja destruí-la ele mesmo. O Caçador Cinzento era originariamente de 7ª Geração até seu encontro com um Nosferatu bestial uma década atrás.
  • Jharkav – (Malkaviano de 7ª geração) autoproclamado Arcebispo de Póznan e Gniezno. Jharkav acredita em seu dever divino de testar a fé das criações de Deus, e está amplamente engajado em numerosas atividades ocultistas que jamais seriam toleradas pelos outros Cainitas da Polônia. Sua influencia, assim como a de suas cidades, vem lentamente crescendo conforme mais devotos migram para lá. A luz de Kislansky entretanto, enciúma Jharkav e as harpias de sua corte fofocam que ele mantém unilateralmente uma amarga rivalidade com o príncipe Russel.
  • Russel Hamundr – (Ventrue de 5ª Geração) Há pouco menos de 50 anos ele é o Príncipe de Kislansky. Aparentemente recém desperto do estado de Torpor, este ancião vampírico levava uma vida nômade através da Eurásia com a finalidade de absorver as mudanças que haviam transcorrido durante seu período de hibernação, até o dia em que chegou à corte do voivode Noritz, um poderoso e cruel Tzimisce que dominava o centro do reino polonês. Russel foi inicialmente bem recebido pelo Voivode, porém ao longo de um curto lapso de tempo foi insultado e desafiado para o ritual de monomancia, o qual logrou êxito, sobrevivendo e abocanhando o feudo de Kislansky como espólios de batalha. Aparentemente, Russel pretende pacificar os Tzimisce da Polônia e transformar a região em um modelo de igualdade baseado no Senado Eterno, de Roma. Ele perderá uma quantidade considerável de poder e status quando o sobrinho do Rei Herman for ‘assassinado’ e seus aliados serão espalhados aos quatro ventos, em especial por conta dos esforços de alguns de seus primos (como Rudolf Hredel, de Lódz) Patriarcas, fiéis à Hardestadt do Sacro Império Romano Germânico. Ele fingirá a própria morte para poder atacar seus inimigos com mais poder do que nunca.
  • Vysia – (Tzimisce de 6ª geração) Voivode da Katowicia. Apesar de jamais deixar seu refúgio, é reconhecido como um respeitado diplomata, algo raro entre os Tzimisce. A autoridade de Vysia em seu domínio é frequentemente ameaçada pelos rivais fronteiriços, portanto a luta o deixou afiado e sempre alerta. Ele é polido, agradável, e moderado em suas relações, mais interessado em patrocinar a riqueza e a prosperidade em seu domínio do que desperdiçar recursos preciosos nas lutas internas do clã. Por trás desta fachada de civilidade, porém, as más línguas afirmam que ele é um mestre na intriga, brilhante e vingativo.
  • Olek, o cão penitente – (Nosferatu de 6ª geração) Príncipe de Lublin. Até pouco tempo atrás, Olek foi forçado a devotar a maior parte de seus esforços para proteger seu Senhor, Angiwar, das maquinações de seus inimigos. Agora, com Angiwar em profundo torpor, Olek pode voltar sua atenção para outros assuntos. Ninguém sabe para que lado ele se voltará nas batalhas que fragmentam a Polônia, mas seu poderio é realmente grandioso – agora que ele pretende usá-lo – e poderia virar a maré de qualquer conflito que ele participe. Olek usa este fato para angariar favores de todos os lados, e ele ainda está se preparando para escolher seus aliados.
  • Byelobog (Tzimisce de 4ª geração) – Voivode entre os Voivodes, deus branco do norte. Ele passa cada vez mais tempo em torpor, rumores dizem que gasta seu tempo tateando o plano astral com sua consciência a partir das catacumbas de Olsztyn, até que poucos anos antes da chegado de Russel Hámundr, todas suas atividades psíquicas cessaram e Byelobog parece ter entrado em um estado de morte verdadeira. Alguns de seus rivais certamente alegraram-se com a inatividade do matusalém – entre eles até mesmo outros Tzimisces, partidários de Yorak, sumo sacerdote da catedral de carne.
  • Kosczceskyu, o negro (cria de Byelobog, abraçado no século IV), um dos mais proeminentes senhores da guerra Tzimisce, Kosczceskyu defende o título de Voivode entre os Voivodes contra todos os adversários enquanto seu pai dorme em torpor. No passado, o próprio Kosczceskyu entrou em torpor e o manto caiu sobre seu irmão mais jovem Noritz. A destruição de Noritz, entretanto, precipitou o despertar deste ancião. Acredita-se que em vida ele foi um Revenante Bratovitch extraordinariamente civilizado, tendo conquistado o abraço através de sua inteligência tática durante os Julgamentos de Guerra promovidos por Byelobog. Sua reputação é de brilhantismo e brutalidade, um líder natural.
  • Razkoljna – (Tzimisce de 6ª geração) Voivode da Krakóvia. Apoia o sobrinho do atual rei Herman para sucessão, aliada temporária de Russel Hamundr. Razkoljna será forçada ao torpor durante um ataque envolvendo uma coalizão de vários Cainitas mais jovens, incluindo sua própria Cria. Sua ausência proporcionará a oportunidade para que outras forças acumulem poder dentro da Krakóvia.
  • Lugoj, o açougueiro– (Tzimisce, 6ª geração) Voivode de Gdansk. Talvez a mais bem sucedida cria de Noriz, foi um dos únicos que conseguiu estabelecer um território próprio, independente de seu Senhor. Lugoj ficou feliz com a destruição de Noriz pelas mãos de Russel Hámundr, porém o fato de não ter sido o próprio Lugoj quem destruiu seu criador ainda pesa naquela coisa negra e distorcida que ele costumava chamar de “sua consciência”.
  • Yitzhak ben Avraham (Brujah de 6ª geração) – Rabino de Szeczin. Yitzhak é um poder relativamente novo na região, com a meta impraticável de unir manter a Szeczin e a Pomerânia estados independentes, livres, como um refúgio para o povo Judeu. Ele apoiou os golpistas e fará bom uso da ausência de ordem para estabelecer sua própria base de influência.


Cainitas do Sacro Império Romano GermânicoEdit

  • Montano - (Lasombra de 4ª geração) Primeira cria do fundador do Clã Lasombra. Ele governa o Castel d’Ombro no principal enclave de poder de seu clã na Sicília. Também é o líder de honra dos Amici Nocti, embora suas ações e pensamentos sejam cada vez mais alienígenas para o resto do clã.
  • Hardestadt, o velho - (Ventrue de 5ª geração) baseado na Bavaria. É o único Cainita predominante no Sacro Império Romano Germânico. Seu status lhe trouxe muitos inimigos, e ele vem sobrevivendo a várias investidas contra sua não-vida.
  • Julia Antasia - (Ventrue de 5ª geração) Líder da facção Russeliana em Frankfurt, enviou uma de suas crias para auxiliar Russel Hámundr na Polônia. Ela é uma cainita do Sacro Império Romano que possui uma visão diferente quanto às responsabilidades inerentes ao seu clã – ela vê os Ventrue principalmente como guardiões da civilização e do conhecimento, não como líderes da raça Cainita. Julia Antasia desenvolveu um novo ramo do Caminho da Humanidade.
  • Lotharius - (Tremere de 5ª geração) Príncipe de Viena; juntamente com Etrius, ele é o guardião do corpo de Tremere enquanto o fundador da linhagem dorme.
  • Lorde Jürgen de Magdeburg - (Ventrue de 6ª geração) Príncipe de Magdeburg e cria de Hardestadt. Líder dos cavaleiros teutônicos, geralmente age como os braços de Hardestadt, assegurando sua influência ao redor de seu território.
  • Lucius Cornelius Scipio - (Brujah de 6ª geração) Prometeano nascido e Abraçado durante o Império Romano. Líder de um círculo de Brujah mercadores e outros Cainitas que apoiam a liga hanseatica. Ele acredita que pode construir uma nova Cartago na região, os Brujah sempre acreditam.
  • Penelope - (Capadócia de 7ª geração) Foi uma escrava espartana durante a antiga Roma. Antiga amante de Lucius e uma de suas mais antigas aliadas; uma fervorosa crente dos ideais Prometeanos.

Ad blocker interference detected!


Wikia is a free-to-use site that makes money from advertising. We have a modified experience for viewers using ad blockers

Wikia is not accessible if you’ve made further modifications. Remove the custom ad blocker rule(s) and the page will load as expected.