FANDOM


Este artigo provê uma descrição dos governantes que unificaram o Reino da Polônia no ano de 963 e governaram-no até a época do início da nossa crônica, por volta do ano 1130.

Governantes do Reino 963-1130Edit

Introdução. (...) Muito embora alguns dos eventos narrados a seguir possam ser confundidos com fatos históricos, é sempre interessante lembrar que a história da nossa Polônia transcorre em uma realidade alternativa, onde os eventos (e mesmo os nomes dos indivíduos envolvidos nestes eventos), não representam fielmente a história polonesa conforme ela estaria retratada na Wikipédia, por exemplo. Dito isso, vamos à descrição dos líderes políticos.

Duque MieszkoEdit

O responsável pela unificação política da Polônia foi o Duque Mieszko, que conseguiu isso cessando hostilidades contra as ordens militares da Igreja Católica. O Duque aliou a Polônia ao Cristianismo através de seu batismo no ano de 966 de modo a remover a legitimidade da expansão germânica em nome da Igreja Católica.

Mieszko foi o primeiro Grão-Duque da história polonesa, embora nunca tenha sido coroado Rei. Entre os traços marcantes de seu reinado estão as expedições militares bem sucedida ao porto de JULIN no delta do Óder em 963, e a conquista dos Masóvios. O duque passou a vida tentando estabelecer seu reinado sobre os Pomerânios, porém jamais conseguiu consolidar seu domínio sobre a região.

Boleslaw o BravoEdit

Filho mais velho e herdeiro de Mieszko, tornou-se o primeiro Rei polonês. Ele se viu livre para empreender campanhas militares com objetivo de assegurar seu reinado já que tinha a garantia de que toda a cristandade não se ergueria contra suas pretensões. Através da guerra e manipulação unificou a Polônia, trazendo todos os duques sob seu estandarte. Conquistou diversos territórios adjacentes.

Pela aquisição das relíquias de São Adalbert em uma de suas campanhas militares, foi capaz de transformar Gnieszno em um centro eclesiástico poderoso, e a cidade foi estabelecida como o assento da Arquidiocese polonesa. Este foi um passo crítico para a independência polaca, uma vez que estabeleceu uma organização permanente e independente da Igreja em território polonês. As dioceses dependentes foram estabelecidas em Wroclaw, Krakow, Poznan e (futuramente Kislansky).

Lambert (Mieszko II)Edit

Foi o segundo filho de Boleslaw, o Bravo. Dizem as más línguas, que assassinou seu irmão mais velho durante um banquete no castelo, no mesmo dia em que seu primeiro herdeiro nasceu (o episódio ficou conhecido como o “Banquete Tenebroso”).

Foi um rei erudito e modernizou o estado polaco. Organizou pilhagens bem sucedidas na Saxônia e seu talento estratégico nas incursões militares iniciais atraíram os olhares de diversos rivais. O restante de seu reinado se passou em uma guerra defensiva contra as forças combinadas da Germânia, Boêmia e principados de Kiev. Perdeu os territórios conquistados por seu pai.

Casimir I o restauradorEdit

Filho de Lambert, era muito jovem para governar – o que eventualmente o levou a fugir do país. Durante seu exílio, o jovem Casimir pensou seguir o caminho do clero, mas foi dissuadido por alguns de seus parentes que testemunharam os horrores das revoltas pagãs que destruíam a Igreja polonesa enquanto os usurpadores governavam. Em sua ausência o estado desintegrou-se e Gnieszko foi saqueada pelos Boêmios – as relíquias de São Adalberto roubadas e levadas para Praga.

Retornou adulto para a Polônia, casado com uma princesa de Kiev (que lhe providenciou apoio necessário para recuperar a coroa). Teve que restabelecer a Igreja e a unidade do reino. Nesta época a Pomerânia novamente escapa das mãos Polonesas, e não foi convertida até o século 12. Ficou conhecido como “O restaurador”. Um rei de rabo preso com a nobreza de Kiev.

Smyáli (Boleslaw II, o cruel)Edit

Foi o próximo rei. Filho mais velho de Casimir, neto de Vladimir o Grande, de Kiev. Ficou conhecido como “Bolesław II, o generoso”, mas também como “o Insolente” e “o Cruel”. Foi um dos maiores (e mais impiedosos) governantes da história da Polônia. Foi o primeiro governante a cunhar sua própria moeda em prata. Muito expandiu o tesouro real, consolidando relações diplomáticas com os países vizinhos através de casamentos ou alianças militares. Abriu as portas da Polônia para os monastérios Beneditinos.

Smyáli era conhecido por seus rompantes de violência. Em uma de suas campanhas, massacrou um Bispo da Krakóvia juntamente com todos seus fiéis (ganhando severa desaprovação do Papa). Antes de sofrer a excomunhão, entretanto, foi envenenado e morreu aos 40 anos de idade.

Herman (Ladislav I)Edit

Príncipe da Polônia e irmão do rei, Herman ascendeu ao trono quando Smyáli foi assassinado e seu herdeiro (Mieszko Bolesławowic) tinha apenas 10 anos de idade. Um Sejm foi convocado e os nobres decidiram que o jovem Mieszko II iria continuar governando a Krakóvia, porém o reino da Polônia seria regido por seu time Herman (que passaria a se chamar Ladislav I). Mieszko II seria efetivamente o segundo na linha de sucessão (e teria a coroa após a morte de seu tio). Herman que tinha apenas um filho bastardo (chamado Niev) teve que engolir o sobrinho como segundo na linha de sucessão (pelo menos até o trágico assassinato do jovem, vitimado por um veneno muito semelhante ao que atingiu seu falecido pai).

Após sua coroação Herman foi casado com a filha do Duque da Bohemia (de forma a melhorar a relação entre os estados), porém só teve um filho após alguns anos de casamento (levantando suspeitas quanto a veracidade de sua paternidade). O herdeiro passou a se chamar Jan, porém mais tarde ficou conhecido pela alcunha Bolesław III, o Boca-Torta.

1135 - Estado atual dos eventosEdit

A história dos nossos protagonistas inicia-se quando Herman já foi rei por 20 anos até que a idade o alcançou. Encontra-se muito doente, em seu leito de morte...e o primeiro trovão da tempestade futura vem da Pomerânia, que estimulada por agentes do Sacro Império Romano Germânico, revoltou-se abertamente, declarando independência e antecipando a iminente guerra pela sucessão.

Ad blocker interference detected!


Wikia is a free-to-use site that makes money from advertising. We have a modified experience for viewers using ad blockers

Wikia is not accessible if you’ve made further modifications. Remove the custom ad blocker rule(s) and the page will load as expected.